Blog da UnP
Curso de Direito

Curso de Direito: Guia da profissão

Iniciar os estudos no curso de Direito, para ingressar em uma das profissões mais tradicionais e valorizadas do mundo é o sonho de milhares de estudantes. Afinal, a área oferece grandes oportunidades de atuação no mercado de trabalho, além de ser uma profissão muito valorizada socialmente e consequência é também bem remunerada.

A Universidade Potiguar (UnP), tem a responsabilidade de formar cidadãos comprometidos com valores éticos, culturais e sociais. Então, a UnP desenvolveu uma grade curricular para o curso de Direito com ensino contextualizado com a atualidade, focada em formar profissionais capacitados para atuar em diversas áreas. 

O curso de Direito, tem, em média, cinco anos de duração, composto por dez semestres. Porém, esse prazo pode variar de acordo com desempenho do aluno no curso. Mas para que você possa exercer a profissão, é obrigatório realizar o exame da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). Assim, somente após ter a sua aprovação você poderá exercer a função de advogado.

Disciplinas do curso de Direito:

A grade curricular do curso na Universidade Potiguar tem carga horária total de 3.700 horas. 

  • Antropologia e Cultura Brasileira
  • Ciência Política e Fundamentos de Direito Eleitoral
  • Comunicação
  • Desafios Contemporâneos
  • Desenvolvimento Humano e Social
  • Direito Administrativo – Administração Pública
  • Bens Públicos e Contratos Administrativos – Direito Administrativo
  • Obrigações e Responsabilidade Civil –  Direito Civil
  • Direito Civil – Parte Geral
  • Família e Sucessões – Direito Civil Aplicado
  • Direito Civil Aplicado – Reais e Propriedade Intelectual
  • Teoria do Contrato Direito – Civil Aplicado 
  • Direito Constitucional
  • Direito do Trabalho Aplicado – Da Advocacia Preventiva ao Contencioso Trabalhista
  • Direito Empresarial – Falência e Recuperação de Empresas/ Teoria da Empresa
  • Direito Individual do Trabalho
  • Direito Internacional e Relações Econômicas
  • Direito Penal – Culpabilidade e Penas/ Direito Penal – Sociologia e Teoria do Crime
  • Direito P. Aplicado – Crimes em Espécie e os Ritos Penais/ Demais Crimes em Espécie, Recursos e Ações Autônomas
  • Direito Processual Civil – Execuções/ Processo de Conhecimento/ Recursos/ do Trabalho
  • Direito Penal – Processo de Conhecimento e Extinção da Punibilidade
  • Direito Protetivo, Coletivo do Trabalho e Seguridade Social
  • Direito Tributário – Teoria do Tributo
  • Estágio de Prática Supervisionada – Civil e Tecnologia da Informação/ Família/ Mediação e Arbitragem/ Penal/ Planejamento Empresarial e Tributário/ Trabalho
  • Ética Geral e Profissional
  • Filosofia do Direito e Direitos Humanos
  • Metodologia Científica
  • Optativa I e II
  • Procedimentos Especiais de Execução Penal
  • TCC I e II
  • Teoria da Constituição e dos Direitos Fundamentais/ Processo/ História do Direito/ em Direito I e II
  • Tutelas Coletivas de Consumo e Meio Ambiente

Mas o que faz o advogado e quais as áreas de atuação?

Enquanto existirem sociedades, o profissional da área de Direito, sempre será necessário, seja atuar representando os direitos e deveres de um indivíduo ou instituições corporativas. Portanto, o advogado conta com um campo de atuação muito amplo, além de grandes possibilidades de construir uma carreira promissora. 

Mas para que você possa entender melhor todas as possibilidades de atuação desse profissional, hoje preparamos uma lista com as principais áreas de atuação, confira.  

Direito Civil

Nessa área, você, como advogado, vai defender os direitos civis dos seus clientes. Ou seja, você vai atuar no papel de intermediador nas relações entre os particulares, defendendo os interesses das pessoas civis e jurídicas. Aqui você é responsável por toda a etapa de processos jurídicos, negociações ou acordos. 

Mas, se preferir também pode atuar prestando consultorias jurídicas na verificação de negócios conforme os aspectos legais. Enfim, você como advogado civil pode trabalhar em diversas áreas como, por exemplo, em ações de cobrança ou despejo, adoção e tutela, contratos de compra e venda. Além de poder atuar em casos de danos morais e indenizações, testamento e inventario.

Direito Penal

Na área de Direito Penal, você vai ser reconhecido como advogado criminalista, ou seja, você vai ter por obrigação defender os direitos de seu cliente, seja a pessoa culpada ou inocente. Além disso, é essencial que a sua defesa seja imparcial, independente do crime que seu cliente está sendo acusado. 

Portanto, o advogado criminalista é responsável por elaborar a defesa do cliente nos inquéritos policiais ou em ações penais. Mas, caso o cliente esteja preso, cabe ao advogado entrar com um requerimento para revogação ou um pedido de liberdade provisória.

Mas além de trabalhar na defesa de clientes, o advogado também pode optar trabalhar com o Direito Penal Empresarial. Na área empresarial o advogado vai elaborar defesas ou acusações para os seguintes casos: crimes de sonegação fiscal, lavagem de dinheiro, crimes contra o sistema financeiro e em casos de infrações penais relacionadas com as leis ambientais ou de licitações.

Direito trabalhista e Previdenciário

Nessa área, o advogado pode trabalhar em processos e disputas entre instituições e empregados, ou seja, pode representar tanto os interesses da empresa como do trabalhador. Além disso, também pode prestar consultorias sobre questões de contratações e demissões. 

Portanto, o profissional dessa área trabalha com questões de erros de rescisões, cálculos de horas extras e férias, desvio de funções e até mesmo em casos de ausência de pagamento de comissões. O advogado é responsável por acompanhar todo o processo, verificar em qual instância o caso está sendo tratado e manter o cliente informado sobre a evolução do caso.

Direito tributário

O advogado tributário vai trabalhar com questões associadas ao pagamento de impostos e tributos fiscais. Portanto, é responsável por realizar ações de prevenção e pode prestar consultorias a instituições para desenvolver um plano tributário, visando garantir a melhor forma de pagar os tributos fiscais.   

Então faz parte da função do advogado tributário realizar diagnóstico de risco para orientar os seus clientes em tomadas de decisões que podem gerar algum impacto nos tributos fiscais. Além de acompanhar os processos de execução fiscal para regularizar pendências para obtenção de certidões negativas de débitos e assegurar a defesa do patrimônio do cliente.

O profissional também pode optar trabalhar com recuperação de créditos tributários como, por exemplo: restituição de INSS, IRPJ, obtenção de correção monetária de ressarcimento, ressarcimento de IPI, entre outros tributos.

Promotoria

Como promotor, você será um agente público responsável por gerar iniciativas para garantir que a justiça seja feita e os crimes sejam esclarecidos. Sendo assim, você vai atuar como responsável por fiscalizar e tomar as devidas iniciativas, caso suspeite de crimes como desvio de recursos públicos.

Ou seja, você vai atuar como o defensor da sociedade e seus interesses, mas como promotor, você também pode optar em atuar na área criminal como responsável em orientar casos de ação penal pública.

Média salarial do Advogado

De acordo com dados divulgados pelo Censo da Educação Superior, sobre as perspectivas profissionais, o curso de Direito está entre os cursos mais procurados na atualidade. Além de figurar entre as profissões mais bem remuneradas.

O salário médio inicial do profissional formado é de R$ 3.500,00 e R$ 5.000,00, enquanto para profissionais com mais experiência a média é de R$ 8.000,00 e R$ 10.000,00. No entanto, o salário pode variar de acordo com a especialização escolhida. 

E aí, você tem interesse em estudar Direito? Então, aproveite para conferir a nossa lista de 9 filmes que todo estudante e profissional da área precisa assistir

Paloma Silva

Comentar