Blog da UnP
Como fazer um perfil no linkedin

Perfil Linkedin: Como criar um portfólio no seu perfil

O Linkedin é uma plataforma digital com objetivo de conectar profissionais, para que seus usuários tenham uma relação corporativa. Mas, além de proporcionar uma rede de contato profissional, a plataforma estimula a troca de conhecimento e experiências.

Hoje é comum, recrutadores fazer uma pesquisa na internet sobre um candidato. E claro, que não tem pessoa mais qualificada para falar sobre as suas experiências do que você mesmo. Por isso, é importante ter um perfil profissional e mantê-lo sempre atualizado. E aí, como anda o seu perfil no Linkedin?

Se você não tem ainda um perfil profissional nessa rede social ou está precisando atualizar suas informações, temos uma lista com 5 passos que vão te ajudar a deixar  ou a criar um perfil mais atrativo no Linkedin.

É essencial que o seu perfil seja o mais completo possível, então hoje a proposta é tornar o seu perfil ainda mais rico de informações. E é possível deixá-lo mais personalizado com as suas experiências em 3 passos, confira.

3 passos para tornar seu perfil em um portfólio atrativo

O Linkedin tem milhões de usuários, mas existem diversas formas de destacar o seu perfil na plataforma e uma delas é utilizar recursos de mídias visuais. Sendo assim, vamos explorar algumas possibilidades de utilizar recursos visuais para personalizar ainda mais o seu perfil com as suas experiências e trabalhos.

Gostou dessa ideia? Então, sem mais delongas, vamos para a primeira dica.

1. Use rich media para apresentar melhor suas experiências

As mídias visuais têm o propósito de incentivar interação dos usuários com o seu conteúdo, e o Linkedin disponibiliza algumas seções na sua página para você divulgue o seu trabalho e torne o perfil mais interativo.

Rich media é um termo de publicidade digital utilizado para descrever um anúncio composto por recursos de mídia. Entre esses recursos estão: vídeos, fotos, apresentações, PDF, entre outros que você pode consultar em tipos de mídia aceitos no perfil no Linkedin.

Para divulgar os seus trabalhos você pode fazer um post, um artigo ou até mesmo fazer upload de arquivos em PDF, apresentações, fotos e vídeos para ilustra suas atividades na área e deixar o seu feed mais atrativo.

Dica importante para áreas técnicas

Se você é um engenheiro ou trabalha em áreas técnicas, talvez você esteja se questionando como divulgar em formato de mídia um trabalho prático e técnico. Mas não se preocupe, as redes sociais também vão contribuir para divulgar esse conteúdo!

Hoje é comum que empresas façam posts de entregas de projetos importantes ou de semanas do meio ambiente, entre outros. Sendo assim, nada te impede de incluir o link desse post para ilustrar os trabalhos que foram desenvolvidos nas instituições.

Uma outra alternativa é verificar se está constando no site da instituição a entrega do projeto como um marco importante. Além disso, você também pode verificar se jornais, revistas e sites, divulgaram a entrega de algum projeto do qual você tenha participado. Se divulgaram, sucesso!! Você pode colocar o link da matéria ou do site.

Se nenhuma dessas alternativas te atendeu, está tudo bem! Você também pode optar por criar uma apresentação no Power Point, explicando sua atuação em projetos que você acredita que sejam importantes na sua carreira.

Atenção: É fundamental tomar cuidado para não divulgar conteúdos que podem ser sigilosos ou que ferem alguma regra da instituição.

2. Crie um destaque no seu perfil do Linkedin para apresentar trabalhos importantes

O recurso de destaque no Linkedin fica abaixo do cabeçalho, onde você preenche suas informações pessoais. Essa seção é fundamental para personalizar o seu perfil no Linkedin de acordo com os seus trabalhos e torná-lo um portfólio online.

A proposta dessa seção é deixar em evidência exemplos do seu trabalho, já que você pode apresentar seu portfólio online, apresentações ou até mesmo para redirecionar o usuário para o seu blog ou site.

Sendo assim, na seção de destaque, você pode incluir imagens, vídeos, documentos e links externos ou até mesmo o link para um post. Enfim, você pode explorar esse recurso no formato que represente melhor o dia-a-dia do seu trabalho chamando a atenção de quem for visitar o perfil.

Mas se você prefere destacar aspectos profissionais, você pode utilizar esse recurso para evidenciar suas conquistas e sua trajetória pelas empresas ou até mesmo colocar em destaque certificados de cursos e especializações.

Dica para estudantes 

Alô, alô, estudantes. Cadê vocês? Estão por aí?

Brincadeiras à parte, vamos falar sério porque eu tenho uma dica muito especial para vocês. Se você ainda não tem experiência profissional e estava cogitando desistir dessas dicas, não desista ainda!

Você pode colocar nos seus destaques os trabalhos realizados para o seu curso. Afinal, a graduação é uma preparação para sua carreira profissional e os trabalhos desenvolvidos dentro da instituição de ensino, é você colocando em prática os seus conhecimentos da área.

Sendo assim, provavelmente você tem vários trabalhos legais para apresentar no seu Linkedin. Então, é só reservar um momento para separar esses trabalhos e não deixe de fazer as correções que seus professores indicaram e publicar!

Estudante, acredite no seu trabalho! Você que está cursando o ensino superior, portanto, possui um novo olhar para área e pode contribuir trazendo novas ideias para o mercado de trabalho.

Como criar a seção de destaque no perfil do Linkedin

Para adicionar a primeira mídia na seção de destaque é necessário fazer a publicação do conteúdo. Então você pode publicar ou selecionar um post, como também pode fazer a publicação de artigo ou subir uma apresentação ou arquivo em PDF.

Após você fazer a publicação ou selecionar o post que deseja colocar em destaque, você vai clicar na parte sinalizada da imagem e depois clicar em “Destacar no topo do perfil”. Pronto, ao entrar no seu perfil, você já vai ver o seu primeiro conteúdo em destaque.

Perfil linkedin

Importante: Para subir outros destaques no seu perfil, não é necessário realizar a publicação no feed. Você só precisa entrar no seu perfil do Linkedin, ir à seção de destaques e clicar no ícone de +. Após clicar no ícone + você consegue selecionar para subir arquivos, links e mídias, conforme está ilustrado na imagem. 

Agora, se você clicar no lápis, é possível editar a ordem dos seus destaques ou remover arquivos você não quer mais que apareça no seu perfil em destaque.  

3. Adicione mídias nas suas experiências profissionais 

É importante que você adicione no seu perfil do Linkedin suas experiências profissionais e acadêmicas para manter um histórico profissional. Mas, além de poder descrever seu cargo e apresentar um resumo das suas funções nas instituições, essa seção também permite que adicione uma mídia nas suas experiências. Conforme ilustração abaixo:

A ideia nessa seção é que você possa ilustrar suas atividades e experiências, apresentando trabalhos que foram desenvolvidos dentro de cada instituição que você já atuou, ou seja, um portfólio online. Portanto, nessa seção pode subir apresentações, links, planilhas, entre outros recursos visuais para apresentar o seu trabalho.

Para adicionar os recursos visuais nas suas experiências profissionais, basta você clicar em editar experiência. Após aparecer o campo de cargo, resumo das funções, você vai encontrar a opção de adicionar ou crie link para documentos, fotos, sites, apresentações.

Sendo assim, nessa seção você tem a opção de carregar uma mídia direto do seu computado ou de inserir o link.

Perfil no Linkedin: Dica bônus para estudantes

Atenção estudantes, porque novamente seus trabalhos serão utilizados para impulsionar sua carreira profissional! Sabe aquele trabalho acadêmico que te enche de orgulho? Então, você pode aproveitar esse trabalho acadêmico e adicionar na sua formação acadêmica para ilustrar o seu trajeto na faculdade.

Perfil Linkedin

É isso mesmo, você também podem adicionar mídias na sua formação acadêmica, então dá para subir vídeos, artigos científicos, PDF e todos os recursos que você vai explorar durante a sua formação na UnP e deixar seu perfil muito mais rico em conteúdo.

O processo para adicionar os conteúdos em formação acadêmica também é bastante simples, basta clicar no lápis, para editar os dados da sua formação e rolar a tela para baixo. Após passar pela descrição, você já vai ver a seção para adicionar os trabalhos desenvolvidos durante sua formação.

Como fazer um portfólio online no Linkedin

Pronto, agora vocês já podem tornar o seu perfil no LinkedIn muito mais atrativo. E aí gostaram dessas dicas? Você tem alguma dica especial para enriquecer nossa lista? Conta para a gente nos comentários e não deixe de compartilhar essas dicas com a galera!

Paloma Silva

Comentar