Blog da UnP
Curso de nutrição

Curso de Nutrição: guia de profissão

O curso de Nutrição na Universidade Potiguar tem como principal objetivo a formação de um profissional generalista, humanista, crítico e reflexivo, que compreenda a completude do homem com os processos orgânicos e da alimentação. Dessa forma, o nutricionista irá viabilizar uma relação saudável entre pessoas e seus hábitos.

Com uma média de quatro anos de duração, o bacharelado em Nutrição tem boa parte da grade curricular formada por aulas práticas em laboratórios. O curso da UnP tem como foco a formação integral do aluno, possibilitando o desenvolvimento de competências gerais e específicas, reconhecidas nas principais áreas de atuação.

Mas o que faz o profissional de Nutrição?

Curso de nutrição
Tudo que você precisa saber sobre o curso de nutrição


As pessoas estão a cada dia mais conscientes da imp
ortância da alimentação saudável para garantir qualidade de vida.

Dessa forma, o nutricionista é fundamental nesse processo e por todo o planejamento de programas alimentares de acordo com a necessidade do paciente. Além disso, o profissional também atua na prescrição de dietas e suplementos tendo em vista, a integralidade da assistência à saúde.

As disciplinas do curso de Nutrição podem variar de uma instituição para outra e são condicionadas à infraestrutura da universidade. Na UnP, o curso de nutrição tem carga horária total de 3.577 horas e é considerado pelo Ranking Universitário Folha (RUF) 2018, como o melhor curso privado do RN.

A Universidade Potiguar tem o foco na formação de nutricionistas qualificados. E para garantir o desenvolvimento destes profissionais, o curso conta com um corpo docente formado por Mestres e Doutores. A seguir, conheça a grade curricular e outras informações sobre o curso.

  •         Bioestatística e Epidemiologia
  •         Bioquímica dos Alimentos
  •         Bromatologia e Tecnologia de Alimentos
  •         Controle Higiênico e Sanitário dos Alimentos
  •         Desenvolvimento Humano e Social
  •         Educação e Comunicação em Saúde
  •         Estágio supervisionado I, II, III
  •         Estilo de Vida, Saúde e Meio Ambiente
  •         Estrutura e Função Humana
  •         Ética e Profissionalismo: Nutrição
  •         Gestão de Clínicas e Consultórios
  •         Interação Droga Nutriente
  •         Mecanismos de Agressão e Defesa
  •         Metodologia Científica
  •         Nutrição Comunitária e Social, Estética, Materna e Infantil e na Atividade Física
  •         Nutrição na Infância e na Adolescência e no Adulto e Idoso
  •         Prática Dietética e em Serviços de Alimentação e Nutrição
  •         Processos Biológicos, Nutricionais e Metabólicos
  •         Programa de Integração Saúde Comunidade
  •         Saúde Coletiva
  •         Sistemas Digestório e Endócrino
  •         Técnica Dietéticas e Gastronômicas
  •         Terapia Nutricional Enteral e Parenteral
  •         Trabalho de Conclusão de Curso

Mercado de trabalho

Para exercer a profissão de nutricionista, o profissional precisa ter diploma expedido por instituições de graduação em Nutrição, reconhecidas e devidamente registrados no Ministério da Educação (MEC).

Além de precisar estar regularmente registrado no Conselho Regional de Nutricionistas (CRN). Assim, o profissional pode atuar em diversas áreas, durante sua carreira. Conheça abaixo as principais áreas:

Nutrição clínica e ambulatorial

O profissional realiza o atendimento de forma individual para identificar o diagnóstico nutricional. Além de elaborar uma estratégia que corresponda as necessidades do paciente e por fim, prescrever uma dieta adaptada para a pessoa.

Nutrição Coletiva

A obesidade, nos últimos anos, tornou-se uma questão de saúde pública que afeta quase 50% da população. Por isso, a alimentação coletiva gerou demandas frequentes em restaurantes, escolas, hotéis, ambulatórios e vigilância sanitária.

Nutrição esportiva

A cada dia a demanda de orientação alimentar de atletas de alta performance vem crescendo, justamente por necessitarem de uma alimentação controlada e estratégias adaptadas para rotina do atleta. Seja em clínicas, seja em academias ou clubes, é fundamental que o nutricionista tenha conhecimento sobre os esportes para colaborar com o desempenho do atleta.

Indústria de Alimentos

Empresas de suplementos alimentares e alimentos em geral são as grandes contratantes para esse setor. O profissional irá acompanhar todo o processo de produção de alimentos e se responsabilizará por esse controle de qualidade. Além de ser responsável pela elaboração do conteúdo nutricional impresso nas embalagens dos produtos.

Pesquisa Científica

Na pesquisa científica o profissional de nutrição pode contribuir para trabalhos laboratoriais, industriais e para institutos acadêmicos. Além de poder desenvolver novos alimentos e pesquisas voltadas para reações dos alimentos no organismo humano.

 Salário médio

A média salarial do profissional de nutrição pode variar de acordo com a experiência, função e o estado de atuação. O nutricionista recém-formado pode ganhar em torno de R$2.200, para estágios durante o curso a média é de R$1.100. Porém, o salário médio calculado é em torno de R$2.500 a R$3.000.

Assim, não existe um perfil definido para um estudante do curso de nutrição, porém é fundamental que o nutricionista possua responsabilidade social, ou seja, tenha empatia pela saúde pública e pelas pessoas.

Dessa forma, se você ficou interessado pela área de nutrição, mas ainda está em dúvida sobre sua escolha, faça nosso Detector de Carreiras e descubra qual é a área profissional que mais combina com você!

Paloma Silva

Comentar