Blog da UnP
Curso técnico

Cursos técnicos: benefícios e diferenciais

Você conhece as características e os benefícios dos cursos técnicos? Atualmente, é muito comum ouvir falar sobre a importância dessa modalidade e sua contribuição para a introduzir jovens profissionais no mercado de trabalho. 

Isso acontece porque esse tipo de curso visa o desenvolvimento de habilidades profissionais com foco maior para atividades operacionais. Dessa forma, a modalidade técnica possibilita o ingresso mais rápido desse público no mercado. 

Se você deseja cursar, mas está em dúvida se deve investir nessa modalidade, basta continuar a leitura! Preparamos um pequeno guia com as principais informações sobre cursos técnicos, além de expor todos os benefícios e diferenças para te ajudar nessa tomada de decisão. 

Cursos técnicos: o que são?

Curso técnico
Saiba mais sobre os principais benefícios e diferenças dos cursos técnicos

Os cursos técnicos ficam entre o ensino médio e o ensino superior. E eles têm como propósito a capacitação do aluno para atuar no mercado de trabalho

Por isso, diferentemente dos cursos de graduação (que têm como característica uma formação mais aprofundada), os cursos técnicos são formados por um currículo mais prático e menos extenso para diversas atividades. Atualmente, existem três categorias de cursos técnicos no Brasil. São elas: 

Cursos Técnicos Integrados

Essa modalidade tem como principal característica a grade curricular do ensino médio e do técnico incorporados, com duração de 4 anos. Ao concluir o curso, o estudante recebe um diploma equivalente ao ensino médio e do curso técnico escolhido.

Cursos Técnicos Concomitantes

O curso técnico concomitante é uma formação de nível médio que acontece de forma paralela à formação do aluno no ensino médio, normalmente, em instituições diferentes. Essa modalidade é indicada para alunos que já tenham concluído o ensino fundamental e estejam cursando o segundo ano do ensino médio. Além disso, os alunos que concluíram o Ensino Médio e desejam receber também um diploma de curso técnico devem procurar por essa categoria.

Cursos Técnicos Subsequentes

Os conteúdos abordados nessa modalidade são voltados para atender a necessidades específicas do dia a dia da profissão. Nessa modalidade, é necessário que você apresente o certificado de conclusão do ensino médio.

Benefícios de optar por um Curso Técnico

O curso técnico não pode substituir a formação do ensino médio, porém, como mencionamos acima, você pode cursá-lo de forma integrada ou concomitante. Desse modo, você pode desenvolver duas competências simultaneamente e ter acesso ao mercado de trabalho mais rapidamente. 

Os cursos dessa modalidade contam com 2 meses até 3 anos de duração, e representam boas opções para pessoas com diploma do ensino fundamental, mas que não concluíram o médio. 

De acordo com o Catálogo Nacional de Cursos Técnicos, divulgado pelo Ministério da Educação (MEC), atualmente existem 224 possibilidades de cursos técnicos disponíveis. 

Então conheça, a seguir, quatro cursos técnicos bastante procurados no mercado, bem como seus benefícios e diferenciais:

Curso técnico em Segurança do Trabalho

O mercado de trabalho para o Técnico em Segurança do Trabalho vem crescendo muito nos últimos anos. Assim, a procura por profissionais que trabalhem com medidas de segurança e prevenção de acidentes também é cada vez maior.

O curso técnico em Segurança do Trabalho tem como propósito preparar o aluno para atuar na prevenção e redução do número de acidentes de trabalho, conforme as 36 normas reguladoras, com orientações práticas de saúde e segurança ocupacional.

Além de trabalhar como responsável por preservar a integridade física dos funcionários de uma instituição, o técnico irá mapear as condições inseguras e outras atividades conforme as normas internas e externas de segurança.

Conforme pesquisa realizado pelo site Catho, a média salarial do técnico de segurança do trabalho gira em torno de R$1.374,00 a R$4.869,00. Valores que podem variar de acordo com a região, cargo exercido e ramo em que trabalha.

Curso técnico em Enfermagem

O curso técnico em Enfermagem tem uma grade curricular multidisciplinar, que alia conteúdos teóricos a práticas em laboratórios, além de exigir a realização de estágio supervisionado.

Esse curso técnico tem duração de dois anos e, para cursá-lo, a maioria das instituições exigem que o aluno tenha 18 anos de idade e diploma do ensino médio.

O técnico de enfermagem realiza procedimentos de baixa e média complexidade, como aplicação de vacinas, prestação de cuidados de Enfermagem a pacientes em estado grave, controle de infecção hospitalar, entre outras.

Após a conclusão do curso técnico, você também pode se candidatar a cargos públicos ou trabalhar como empregado no setor privado. Outra possibilidade é atuar como profissional autônomo “Home Care”, ou seja, cuidador de idosos e crianças.

O salário médio do técnico de enfermagem no Brasil é, em média, R$ 1.782,87, de acordo com pesquisa realizada pelo site Catho.

Curso Técnico em Edificações

O curso Técnico em Edificações tem como objetivo levar o aluno a desenvolver as habilidades para desenhar e interpretar construções, elaborar orçamentos e cronogramas, gerenciar obras e escolher materiais. Além disso, também preparar o aluno para trabalhar com todos os procedimentos legais.

Com duração de dois anos, o curso técnico em Edificações tem uma grade curricular diversificada, com aulas teóricas e práticas. É obrigatório que ao final do curso o aluno cumpra horas de estágio supervisionados em escritório de engenharia, arquitetura e projetos ou em canteiros de obras.

O profissional formado precisará filiar-se ao Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA) de seu estado. Esse requisito é obrigatório para o exercício da profissão em todo o Brasil.

Para que o diploma tenha validade para emissão do CREA, é fundamental que tenha sido emitido por uma instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). A empregabilidade no setor da construção civil é alta e, de acordo com o site Catho, a média salarial do profissional é de R$2.480,01.

Curso Técnico em Saúde Bucal

O curso técnico em Saúde Bucal tem duração de dois anos e objetiva levar o aluno a desenvolver competências para atuação na prevenção e promoção da saúde bucal. Além disso, o técnico pode oferecer assistência ao cirurgião Dentista durante o procedimento.

O profissional técnico em saúde bucal pode ser responsável pela preparação de pacientes para procedimentos clínicos, além de desenvolver habilidades de administração de consultório odontológico. E é também obrigatório que o aluno cumpra horas de estágio supervisionado para concluir o curso.

Com a conclusão do curso, será necessário realizar o seu registro no Conselho Federal de Odontologia (CFO), para exercer suas funções na área. Segundo pesquisa realizada pelo site Catho, a média salarial no Brasil do profissional do técnico de saúde bucal é de R$ R$ 1.150,12.

O que você achou sobre os cursos técnicos? Já decidiu qual tem mais a ver com seu perfil? Acompanhe o blog da UnP, para ficar sempre atualizado sobre a vida acadêmica, curso e carreira! 

Paloma Silva

Comentar