Blog da UnP
Saiba como descobrir se uma Faculdade EAD é reconhecida pelo MEC

Faculdade EAD reconhecida pelo MEC: como comprovar?

Saiba como descobrir se uma instituição de ensino é reconhecida pelo Ministério da Educação e outros fatores importantes em uma universidade

Está pensando em fazer uma graduação ou pós à distância e quer ter certeza de que vai escolher uma boa instituição? Saber se ela é uma Faculdade EAD reconhecida pelo MEC é um ótimo primeiro passo.

Pensando nisso, elaboramos este post com mais informações, explicando direitinho o que significa e como você comprova a avaliação do Ministério da Educação dada para uma faculdade. 

Além disso, também separamos algumas características importantes que reforçam a qualidade de uma instituição de ensino. Afinal, você quer estudar em um lugar que proporcione a melhor educação e experiência, não é?

Então, vamos lá, confira todos esses detalhes logo abaixo:

Saiba como descobrir se uma Faculdade EAD é reconhecida pelo MEC
Saiba como descobrir se uma Faculdade EAD é reconhecida pelo MEC

O que é o reconhecimento do MEC?

O Ministério da Educação realiza uma avaliação das instituições de ensino levando em conta alguns critérios específicos. Esse processo se chama credenciamento e recredenciamento. Ele começa no momento em que essa organização inicia atividades.

Dessa forma, tanto os cursos presenciais quanto os de educação digital passam por uma análise detalhada da comissão avaliadora do MEC. Depois, periodicamente, a instituição passa pelo recredenciamento em que a análise é repetida.

A partir desse exame, a organização de ensino recebe alguns conceitos. Veja quais são:

 

  • CI – Conceito Institucional: essa é a nota que é atribuída a partir de visitas feitas na instituição de ensino. Avalia-se estrutura física, plano de desenvolvimento Institucional, além de políticas de recursos humanos.

 

  • CI-EaD – Conceito Institucional EaD: essa é análise que diz respeito especificamente aos cursos superiores de ensino a distância e aspectos relacionados, importante para o tema principal deste post.

 

  • IGC – Índice Geral de Cursos: estabelece uma média que leva em conta todas as avaliações dos cursos de pós-graduação e graduação obtidos pela instituição de ensino nos últimos três anos. 

 

Todos esses conceitos recebem notas de 1 a 5. As instituições de ensino que obtêm notas a partir de 3 ou acima atendem a todos os requisitos do MEC e são uma boa opção para você. Esse é o caso da UnP. 

 

Como saber se uma Faculdade EAD é reconhecida pelo MEC?

O site do Ministério da Educação disponibiliza uma ferramenta específica para isso, chamada de e-MEC. Nela, você pode consultar todos os conceitos explicados no item anterior. 

É bem simples, basta acessar este link e seguir os seguintes passos:

 

  1. Para que o processo seja mais simples, clique em consulta textual (a busca fica mais fácil e não exige dados técnicos da instituição de ensino)
  2. Na aba da esquerda, selecione a opção “Nome ou Sigla”
  3. Digite o nome da organização de ensino que deseja pesquisar
  4. Digite o código de verificação exibido pelo sistema
  5. Clique em pesquisar

 

Pronto! Agora você tem acesso a diversas informações sobre a instituição de ensino que estava procurando.

 

Qual a importância do reconhecimento do MEC?

Esse processo oferece ao aluno a segurança de que a organização foi avaliada e fiscalizada sob critérios minuciosos e que pode, de fato, oferecer um ensino de qualidade. 

Além disso, as instituições de ensino superior que possuem uma boa avaliação no e-MEC também oferecem um diploma com um peso muito maior. Garantindo que o graduando ou pós-graduando serão mais reconhecidos no mercado de trabalho.

 

Quais outras características são importantes em uma Universidade?

Ok,  agora você já sabe como identificar as instituições de educação superior reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC).  Mas não para por aí: há outros  pontos importantes e que interferem na qualidade dos cursos e da experiência oferecida por uma instituição de ensino.  Separamos uma lista do que observar, especificamente quando se trata de cursos a distância. Confira:

 

  • Tradição

    O tempo de atuação de uma instituição de ensino é um aspecto fundamental para analisar. Caso da UnP, que tem mais de 40 anos de história. O extenso período de atuação garante a experiência necessária para ofertar os melhores cursos e a melhor experiência ao aluno.

 

  • Corpo Docente

    Os professores possuem uma formação sólida e especializações nas respectivas áreas em que atuam? Procurar saber mais sobre eles é uma forma de garantir que você receberá os melhores ensinamentos. Pesquisar sobre os educadores, verificando qualificações e o tempo de experiência ministrando aulas é uma ótima forma de ter mais respostas.

 

  • Grade Curricular

     As organizações de ensino superior precisam seguir um currículo-base com algumas disciplinas básicas definidas pelo próprio MEC. No entanto, as instituições têm liberdade para definir detalhes mais específicos sobre a matriz curricular. Caso, por exemplo, das matérias optativas. Por isso, é importante notar se as matérias do curso que deseja fazer estão atualizadas com tendências da área e se estão dentro do que você espera.

 

  • Formas de ingresso

    A instituição de ensino oferece opções diversificadas de entrada no processo seletivo para pluralizar o ensino e facilitar o acesso? A UnP, por exemplo, disponibiliza o ingresso via nota do Enem e segunda graduação. Além do vestibular digital.

 

  • Depoimentos

    Conversar e procurar opiniões de pessoas que estejam cursando ou já sejam formadas na universidade que pensa em fazer é uma boa forma de se basear. Eles mais do que ninguém viveram a rotina e tiveram contato com professores, cursos e avaliações da graduação ou pós que você está pretendendo fazer.

 

E aí, tirou as suas dúvidas sobre como comprovar que uma Faculdade EAD é reconhecida pelo MEC? Comente aqui embaixo como está sua escolha para realizar um curso de graduação ou pós. Participe, afinal, o blog é seu. 😉

Aproveite também para dar uma olhada nestes dois posts: Semipresencial e EAD: Qual a diferença? e Como fazer planejamento de carreira antes da universidade.

Luca Contro

Comentar