Blog da UnP
Saiba mais sobre a carreira e a graduação na Gestão Hospitalar

Gestão hospitalar: 6 filmes relacionados à profissão

Confira nossa lista de sugestões e saiba mais sobre esse campo profissional

Conhece a carreira de Gestão Hospitalar? A área oferece diversas oportunidades. Segundo o estudo Cenário dos hospitais no Brasil 2020 (o mais atual), realizado pela Federação Brasileira de Hospitais (FBH), em janeiro daquele ano, havia 4.198 hospitais privados no país.

Além disso, de acordo com o Projeto de Avaliação do Desempenho do Sistema de Saúde (Proadess), da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), há outros 2.500 hospitais de administração pública que atendem apenas o Sistema Único de Saúde (SUS). 

Ou seja, o mercado de trabalho é grande e fértil para sua carreira. E, para que você se aproxime mais da área, separamos uma lista com 6 filmes relacionados ao assunto, todos disponíveis em plataformas de streaming.

Mas, antes de partir para as sugestões, que tal entender um pouquinho mais sobre esse campo de atuação? Respondemos a quatro das principais perguntas sobre ele e também a respeito do curso de ensino superior logo abaixo, confira:

Saiba mais sobre a carreira e a graduação em Gestão Hospitalar
Saiba mais sobre a carreira e a graduação em Gestão Hospitalar

 

O que é Gestão Hospitalar?

Essa carreira envolve a administração dos diversos sistemas sistemas de serviços de saúde, sejam eles públicos ou privados. O que engloba hospitais, clínicas, laboratórios e até spas e casas de repouso.  Além de redes formadas por esses estabelecimentos.

 

O que faz um gestor hospitalar?

Trata-se do profissional capacitado para gerir os negócios mencionados no item anterior. Para isso, ele precisará associar o conhecimento sobre políticas públicas para saúde aos dilemas do dia a dia de uma instituição. Preocupando-se com a administração de recursos, tecnologias e pessoas.

Isso significa que o especialista em Gestão Hospitalar é responsável por planejar e comandar aspectos como logística e compras. Além de supervisionar contratos e convênios, por exemplo. Tomando decisões diversas na organização de unidades de saúde.

 

Quanto ganha um profissional formado em Gestão Hospitalar?

De acordo com o site Vagas.com, a pessoa formada nessa graduação começa com salário de R$ 2.846,00. E a média salarial para a categoria é de  R$ 5.104,00 .

É importante lembrar que os ganhos dependem da experiência e do local em que se trabalha. Dessa forma, a remuneração pode chegar até R$ 7.788,00.

 

Quem pode fazer Gestão Hospitalar?

Ao contrário do que se pode imaginar, não é necessário ser um profissional de saúde. Embora essa seja uma rota comum para médicos, por exemplo. 

O curso é um tecnólogo em Gestão Hospitalar, com 6 semestres (3 anos) e pode ser realizado por pessoas que não tenham experiência prévia na área.

Confira alguns exemplos de disciplinas da grade curricular da graduação:

  • Direito Aplicado a Negócios
  • Fundamentos da Administração
  • Fundamentos de Economia
  • Gestão da Logística Integrada
  • Gestão da Qualidade e Certificações em Saúde
  • Responsabilidade Social Corporativa
  • Diagnóstico Organizacional
  • Hotelaria Hospitalar
  • Bioética
  • Gestão de Operações em Saúde
  • Gestão Financeira e Orçamentária
  • Auditoria Hospitalar

 

Pronto, agora que você já tem algumas das informações mais importantes sobre a carreira e a graduação desse que faz dos cursos superiores de tecnologia, é hora de partir para a nossa lista de filmes. Confira nossas sugestões abaixo e parta para maratonar!

 

1. Clube de Compras Dallas

Ano de lançamento: 2013

Inspirado em fatos reais, o filme arrecadou 6 oscars e narra a história de Ron Woodroof, vivido por Matthew McConaughey. Um eletricista diagnosticado com o vírus da AIDS no ano de 1986, época em que havia pouco conhecimento e muito preconceito sobre a doença.

O protagonista sofre e se frustra com a falta de suporte dada pela área de saúde e pelo Estado. E, a partir daí, passa a fazer contrabando de medicamentos ilegais nos EUA, mas que tinha maior eficácia no tratamento. 

Por que está relacionado à Gestão Hospitalar?
O profissional da área precisa se adaptar para realizar uma gestão humanizada e ética. Levando em conta situações específicas de cada tratamento para que o paciente tenha acesso ao que há de melhor.

Disponível em:

YouTube 

Google Play Filmes e TV 

Apple TV 

 

2. Patch Adams –  O Amor é Contagioso

Ano de lançamento: 1998 

Esse é um clássico. Nele, Robin Williams interpreta o personagem que dá nome ao filme e que se interna num hospital psiquiátrico após tentar suicídio. Ali, ele acaba descobrindo a possibilidade de ajudar as pessoas e resolve cursar medicina. 

Então, ele começa a defender uma forma de tratamento que utiliza o humor como um “medicamento”. A ideia acaba encontrando resistência e preconceito de profissionais que defendem o tratamento tradicional. Em resposta, o protagonista luta para defender essa abordagem.

Por que está relacionado à Gestão Hospitalar?
Engana-se quem acha que as pessoas da área lidarão apenas com números. É preciso estar atento a processos humanizados e inovadores que aumentem a satisfação dos pacientes e a eficiência de uma instituição. 

Disponível em:

Star+ 

Apple TV 

 

3. Mãos Talentosas – A História de Ben Carlson

Ano de lançamento: 2009

Conta a história de Ben Carlson, neurocirurgião que se tornou famoso mundialmente e teve infância humilde na cidade de Detroit, nos Estados Unidos. Baseada em fatos reais, a narrativa mostra a convivência do personagem, interpretado por Cuba Gooding Jr., com a pobreza e o preconceito.

A mãe do futuro médico, vivida por Kimberly Elise, o incentiva a estudar e lutar por sonhos. E tem papel decisivo no desenvolvimento de Ben. Trata-se de uma preciosa história de esperança

Por que está relacionado à Gestão Hospitalar?
Infelizmente, assim como na sociedade em geral, a área da saúde também sofre com preconceitos. Sejam eles relativos à etnia, gênero, deficiências, entre outros casos. 

O bom gestor desse campo profissional precisa estar atento a esse tipo de discriminação para evitar que ela se manifeste no ambiente de trabalho.

Disponível em:

YouTube 

Google Play Filmes e TV 

Apple TV 

 

4. Garota, Interrompida

Ano de lançamento: 1999

A obra mostra um hospital psiquiátrico com diversas mulheres que não tiveram um tratamento digno e humanizado. Discutindo de forma profunda a maneira com a qual são tratados os portadores de transtornos mentais. 

Entre elas, estão Susanna Kaysen, interpretada por Winona Ryder; e Lisa Rowe, vivida por Angelina Jolie. Juntamente com outras internas, elas organizam um plano de fuga da instituição. 

Por que está relacionado à Gestão Hospitalar?
Entre as especialidades envolvidas em hospitais e clínicas, está a psiquiatria. E, com ela, há a necessidade de tratar pacientes portadores de psicopatologias. 

O profissional, também chamado de administrador hospitalar, precisa estar atento a essa realidade e trabalhar para que os processos sejam os melhores possíveis.

Disponível em: 

HBO Max 

Apple TV 

 

5. Contágio

Ano de lançamento: 2011

Mostra a história da rápida contaminação gerada por um vírus transmitido pelo ar, trazido da China, e que possui sintomas parecidos com os da gripe, só que com consequências muito mais graves. 

Apesar de ter sido produzido há 10 anos, a similaridade da doença tratada na narrativa com o Covid-19 é grande. Aliás, esse foi um dos grandes motivos para que o título voltasse a bombar recentemente. 

O enredo mostra a história de Beth Emhoff, que morre após contrair a doença abordada no filme. Além da batalha vivida por profissionais de saúde, funcionários do governo e pessoas comuns para combater a pandemia.

Por que está relacionado à Gestão Hospitalar?
Todos os profissionais ligados à área da saúde devem saber lidar com situações imprevistas, novas doenças e tratamentos. Um grande exemplo é a pandemia de Covid-19, que obrigou o sistema de saúde a criar um plano de atuação de emergência.

Disponível em: 

Globoplay 

Telecine 

Apple TV 

 

6. O Renascimento do Parto

Ano de lançamento: 2013

Essa produção nacional é um documentário que aborda o número alarmante de cesarianas e de partos com intervenções que geram efeitos traumáticos desnecessários.

O filme reúne depoimentos de especialistas brasileiros e de outros países discutindo o assunto. Além mostrar imagens de partos reais, para trazer à tona assuntos como o tratamento ruim e até desrespeitoso dado a pacientes. 

Por que está relacionado à Gestão Hospitalar?
A atuação médica envolve diversos protocolos e normas de procedimento. O administrador hospitalar deve ficar muito atento e avaliar se, além deles, a prática diária na organização em que trabalha é a mais eficiente e agradável para o paciente. 

Disponível em: 

Netflix

Apple TV  

 

E aí, o que achou da nossa lista com 6 filmes relacionados ao curso de Gestão Hospitalar? Comente aqui embaixo e, se gostar de outro título sobre o assunto, deixe sua indicação também. Afinal, este blog é seu! 😉

Aproveite também para dar uma olhada neste post: Área da saúde: 5 cursos que estão em alta.

Luca Contro

Comentar