Blog da UnP
Quanto ganha um professor universitário

Quanto ganha um professor universitário? Confira aqui!

Descubra sobre o mercado de trabalho, quanto ganha um professor universitário e quais os cursos são necessários para seguir carreira

Quanto ganha um professor universitário? Se você tem interesse em saber a resposta para essa e outras perguntas sobre esse ramo de atuação, este é o post certo!

Reunimos neste texto informações e números sobre esse ofício, para que você possa perceber se esse é o caminho ideal para sua vida profissional.

Desde já, podemos dizer que a carreira de professor é uma excelente opção. Já que, por exemplo, é possível atuar até mesmo à distância, nos chamados cursos de graduação EAD, o ensino a distância.

Está pronto? Basta continuar lendo e tirar as dúvidas que tiver!

Quanto ganha um professor universitário
Descubra sobre o mercado de trabalho, quanto ganha um professor universitário e quais os cursos são necessários para seguir carreira

 

Como se tornar professor universitário?

Um bom começo para entender mais sobre essa carreira é compreender quais os meios para chegar a esse posto. Então, vamos lá!

O professor universitário é qualificado para dar aulas em instituições de ensino superior. Ou seja, em cursos de graduação lecionados em faculdades, universidades e centros universitários. 

Para que isso ocorra, a primeira exigência é que o profissional tenha concluído uma graduação. De alguma forma, o curso superior escolhido deverá ter relação com a disciplina que você pretende ensinar na sala de aula.

Além do diploma de graduação, também é necessário que a pessoa tenha concluído uma pós-graduação para dar aulas na universidade. Qual precisa ser o tipo de curso para isso? A resposta é: depende.

É comum que haja a exigência de uma pós do tipo stricto sensu, seja ela um mestrado ou doutorado. No entanto, também há instituições de ensino superior que permitem que professores atuem com a chamada pós no formato lato sensu, uma especialização. 

Se você tem dúvidas sobre como diferenciar esses dois tipos de pós-graduação, separamos as características básicas de cada um deles logo abaixo, confira nos itens a seguir.

Ah, vale lembrar que, para atuar em universidades públicas, também costuma ser necessário realizar concursos públicos.

Stricto Sensu

Essa expressão vem do latim e significa “sentido estrito”. É usada para definir cursos estritamente ligados à interpretação mais tradicional da pós-graduação. Ou seja, mestrado ou doutorado.

De maneira geral, são cursos mais direcionados para formar docentes e pesquisadores. São mais teóricos e costumam ter duração de dois a quatro anos. 

Lato Sensu

O termo também vem do latim e quer dizer “sentido amplo”. É utilizado para definir especializações de forma geral, sem estarem ligadas ao formato mais acadêmico da pós stricto sensu.

Pós-graduações nesse modelo são voltadas para aprimorar habilidades e somar conhecimentos que beneficiem a formação profissional de maneira geral.

Quanto ganha um professor universitário?

Segundo o site Glassdoor, o salário médio para professores universitários no país é de R$6.750. Ainda de acordo com a mesma fonte, a remuneração pode atingir até R$15.000.

É importante lembrar que esses valores variam de acordo com a região, o local avaliado, instituição de ensino, área específica e experiência de cada profissional.

O que é Licenciatura?

Essa é a palavra usada para definir um tipo de graduação voltada especificamente para a docência. E que habilita o formando para atuar nos ensinos Fundamental e Médio.

Dessa forma, esse pode ser um ótimo caminho para quem pretende iniciar a caminhada para se tornar um professor de faculdade. Como o principal objetivo da licenciatura é formar docentes, o aluno realiza disciplinas específicas que ajudam muito na arte de ensinar. 

Quem deseja realizar uma faculdade nesse formato, precisa escolher uma área específica de conhecimento. As opções são diversas, como, por exemplo: Artes Visuais, Matemática e Geografia.

Confira abaixo alguns exemplos de licenciaturas disponíveis:

Licenciatura em Letras

É o curso para o cargo de professor de português. Por meio dele, você entende o funcionamento da Língua Portuguesa de forma profunda. Além de compreender também a literatura.

Quem se forma nessa graduação pode atuar, por exemplo em:

  • ensinos fundamental e médio;
  • escolas de idiomas;
  • cursos preparatórios para vestibular;
  • editoras;
  • agências de publicidade;
  • emissoras de TV e de rádio, entre outros locais.

Licenciatura em História

Esse curso capacita o profissional a compreender os elementos culturais que constituem as identidades. O que envolve todas as transformações dos espaços geográficos, resultantes das relações socioeconômicas e culturais.

Além de entender o papel histórico das instituições sociais, políticas e econômicas, fazendo a associação a diferentes grupos, às oposições de interesses e os movimentos sociais. A compreensão profunda de todos esses conceitos permite ao formando lecionar com qualidade e assertividade.

O profissional formado em Licenciatura em História poderá trabalhar como:

  • docente em escolas de Ensino Fundamental e Médio;
  • gestor escolar em instituições de ensino;
  • prestação de consultoria relacionada a conteúdos históricos;
  • pesquisa e produção de artigos.

Licenciatura em Pedagogia

O licenciado nesse curso pode atuar no ensino infantil, anos iniciais do ensino fundamental, além da educação de jovens e adultos.

Essa graduação trabalha conceitos e processos ligados, por exemplo, à didática, transmissão de conhecimentos e metodologias de ensino. Portanto, também pode ser um bom início para quem, no futuro, deseja se tornar um professor universitário.

O profissional formado na área pode atuar em escolas, creches, cursos preparatórios e até em editoras. Dessa forma, além de professor na rede pública ou particular, você pode exercer funções como: 

  • suporte pedagógico;
  • direção;
  • coordenação;
  • supervisão e orientação educacional.

E aí, agora que respondemos à questão “Quanto ganha um professor universitário?”, você se interessou em seguir essa carreira? Aproveite para usar o espaço abaixo e comentar.

Confira a seguir outros dois posts super úteis para construir ou desenvolver sua carreira: Como criar o currículo perfeito? e “O que é MBA? Não comece o curso sem ler“.

Julia Takita

Comentar