Blog da UnP
Carreira acadêmica

Quero ser pesquisador! O que fazer?

Quando fazemos uma retrospectiva das mudanças nos últimos anos, é fácil notar que as maiores vieram da tecnologia, por meio da figura do pesquisador. Então, se você sonha em seguir carreira acadêmica, o primeiro passo é começar a planejar sua carreira desde cedo.

Seguir carreira acadêmica é um processo desafiador, afinal, você será pioneiro em teorias, tentativas, sucesso e também, em falhas. Como pesquisador docente, você vai voltar toda sua capacitação e experiência para a vida acadêmica, visando contribuir para construção de novos conhecimentos.

Portanto, se você é uma pessoa curiosa, que busca incansavelmente o famoso “xis” da questão e o “porquê” das coisas, prepare-se! Você tem grandes chances de ser um pesquisador docente, mais conhecido como cientista!

Quero ser pesquisador! O que fazer?

Embora exista o mito de que as carreiras acadêmicas sejam todas nas áreas de biológicas e de exatas, há aquelas que começam com o curso de graduação em Ciências Humanas também. Então, vem com a gente descobrir algumas graduações para pessoas curiosas e que sonham em trabalhar na área de pesquisa!

6 cursos para quem sonha em ser um cientista

Para você construir uma carreira profissional com foco em pesquisas, é essencial que você comece essa trajetória no seu curso de Graduação. Antes de mais nada, é importante saber que estes cursos podem ser divididos por modalidades. São elas: bacharelado, licenciatura e superior de tecnologia.

Qualquer uma dessas três modalidades permitem que você dê continuidade aos estudos para iniciar uma carreira acadêmica. Mas é importante observar se o curso incentiva um estudo além da teoria, e que possa abrir caminhos para a prática e a pesquisa. 

Por exemplo, a iniciação cientifica é um programa em que a instituição de ensino leva os estudantes da graduação a desenvolverem ou participarem de um projeto de pesquisa em qualquer área do conhecimento.

Todo o processo da iniciação cientifica é orientada por um pesquisador experiente, vinculado à universidade. Confira alguns cursos de graduação para quem sonha em iniciar uma carreira como cientista. 

1. Ciências Sociais

O curso de Ciências Sociais é um exemplo de curso que não faz parte da área de exatas ou biológicas, mas que abre muito espaço para pesquisa. A grade curricular revela um estudo intenso de disciplinas teóricas como Filosofia, Ciência Política, História, Economia. Além disso, o curso também exige que o aluno faça o acompanhamento constante das transformações políticas, sociais, culturais e econômicas da atualidade.

Outro ponto é que a área de Ciências Sociais normalmente tende a incentivar os alunos a participarem de grupos de pesquisa. Portanto, esta é uma excelente opção para quem gosta de pesquisar e entender grupos e seus contextos sociais.

Assim, o profissional formado nessa área pode atuar em instituições de pesquisa, de ensino, empresas privadas e órgãos públicos em todo o País.

2. Química

Na área de Química, você vai lidar com a transformação da matéria e estudar as reações quando sofrem alterações de temperatura e pressão, bem como suas reações. Portanto, o curso de Química é uma graduação muito relevante na área da pesquisa e, normalmente, é o caminho mais comum para esses profissionais.

Porém, você como profissional da área de Química pode atuar também na área da saúde e em diversos segmentos da indústria química como, por exemplo, fábricas e refinarias. Além disso, como químico, você poderá também seguir carreira acadêmica para trabalhar dando aulas. Mas, para isso, é essencial que tenha optado pela formação em licenciatura.

Mas independente da área de atuação que você escolher, é essencial que o profissional tenha muito interesse em realizar pesquisas e experimentos dos mais diversos tipos. Afinal, isso vai fazer parte da sua rotina de trabalho! 

3. Neurociência

Pra os curiosos em saber mais sobre o funcionamento do cérebro, os estudos de neurociência vão contribuir com inúmeras respostas que levam a conhecer, também, como o ser humano se desenvolve psicologicamente.

Para trabalhar realizando pesquisas em neurociência, você poderá cursar várias graduações como, por exemplo, Psicologia, Medicina ou até mesmo na área das Letras com conteúdos que pertencem à Neurolinguística.

4. Engenharia Aeroespacial

O curso de Engenharia Aeroespacial é uma excelente opção para aqueles que sonham em brincar com foguetes e helicópteros. Você, como profissional graduado nessa área, vai trabalhar como responsável por pesquisar, projetar, além de construir e manter todos os sistemas de aeronaves e espaçonaves.

A maior parte da grade curricular do curso de Engenharia Aeroespacial se concentra na área da ciência e matemática, então, é fundamental apreciar pesquisas nessas áreas.

Vale também ressaltar que o curso tem matérias peculiares, como estabilidade e controle da aeronave, estruturas aeronáuticas. Além disso, você vai se deparar com disciplinas como teste de voo e projeto de sistemas espaciais.

Portanto, como engenheiro espacial, você vai trabalhar com o desenvolvimento tecnologias inovadoras, além de sistemas defensivos para serem usados no setor da aviação.

5. Biologia

Já o curso de Ciências Biológicas é opção para quem curte a área da Biologia e quer estudar tudo o que diz respeito aos seres vivos e sua relação com o meio ambiente.

O campo de trabalho para o biólogo é muito amplo, mas se seu foco é ser um pesquisador essa profissão pode oferecer uma carreira bastante promissora. Como biólogo você vai ser responsável por fazer pesquisas referentes à origem, evolução, estrutura e funcionamento dos organismos vivos.

Sendo assim, é importante saber trabalhar em equipe. Afinal, é comum que diversas profissões que trabalham no campo de pesquisas científicas contar com a ajuda de conteúdos da Biologia para fundamentar o trabalho.

Além disso, como profissional da área, você poderá ajudar a desenvolver pesquisas de novas vacinas e com células-tronco. Atuar em pesquisas envolvendo novos medicamentos e na área ambiental também são possibilidades. Enfim, essa é definitivamente uma bela profissão para quem sonha em ser pesquisador!

6. Medicina

Agora, se você quem atuar com pesquisas voltadas diretamente para a área da saúde, você pode optar cursar uma graduação de Medicina. Há diversos institutos de pesquisas espalhados pelo mundo buscando novos conhecimentos em áreas como medicina, células-tronco, oncologia, saúde da mulher, saúde do idoso, doenças infecciosas, entre outras.

Ainda como estudante do curso de Medicina, você pode participar de programas de pesquisas e projetos voltados para médicos, além de poder fazer a iniciação científica. E como a concorrência do curso de medicina é muito alta, é fundamental ter empenho total desde muito cedo!

Mercado de trabalho para pesquisador

Para conseguir trabalhar como pesquisador em universidades, você também vai atuar como professor. Então, é importante que você tenha paciência para ensinar, afinal, você vai ter vários aprendizes!

Porém, o mercado de trabalho não se restringe às universidades e, atualmente, muitas empresas investem em seus setores de pesquisas e desenvolvimento. Mas, você tem a opção de trabalhar em fundações financiadas por doações ou até mesmo pelo governo que permitem você atuar como pesquisador sem ser professor.

Além dessas opções você também pode optar em trabalhar em diversas ONGs nacionais e internacionais, que contratam pesquisadores de diversos assuntos. Normalmente, essas ONGs solicitam que você trabalhe um tempo como voluntário antes de ser contratado formalmente como pesquisador.

Lembra que mencionei que para seguir carreira acadêmica é fundamental planejar desde cedo? Então, você realmente precisa se organizar para iniciar uma carreira profissional na área da pesquisa! 

Atualmente, contamos com diversas opções de curso de graduação e às vezes, podemos nos sentir perdidos com tanta opção. É natural rolar essa insegurança na hora de decidir qual profissão seguir, afinal você está decidindo um novo rumo para sua vida.

Mas a boa notícia é que preparamos um conteúdo que vai te ajudar a descobrir qual área combina mais com a sua personalidade, para isso confira: Graduação de Humanas, Exatas ou Biológicas?. Acompanhe o blog da UnP e fique sempre por dentro das novidades do mundo universitário!

Paloma Silva

Comentar