Blog da UnP
Confira todos os temas da redação do ENEM

Todos os temas da redação do ENEM

Separamos os assuntos que já foram trabalhados na prova do Exame Nacional do Ensino Médio, além de dicas para você mandar bem!

Se você está estudando para melhorar sua redação, rever todos os temas da redação do ENEM é uma ótima estratégia. Pois isso fornece base para que você conheça melhor o que é exigido no exame. E, claro, ajuda a ficar atento para possíveis temas de futuras redações.

Vale ressaltar que são abordados diversos assuntos, exigindo do candidato amplo conhecimento geral. Portanto, o ideal é procurar sempre se manter atualizado e ligado nas principais temáticas que estão em voga nos portais de notícias e na sociedade como um todo.

Pensando nisso, reunimos a seguir algumas dicas para ajudá-lo na hora de testar sua escrita na prova. E também separamos uma lista com todos os temas da redação do ENEM, de 1998 até 2021.  Vamos lá?

Confira todos os temas de redação da ENEM
Confira todos os temas de redação da ENEM

 

Como funciona a redação do Enem

Basicamente, essa parte da prova aborda um tema, em torno do qual você deve construir um texto dissertativo argumentativo. Ou seja, uma produção em prosa em que se discute o assunto proposto pela organização.

Ao tratar das temáticas selecionadas, o candidato deverá apresentar no texto a chamada proposta de intervenção. Que nada mais é do que a maneira com a qual você acredita que será resolvido o problema (a questão apresentada pela organização da prova).

A avaliação da redação do Exame Nacional do Ensino Médio, é divida em cinco competências. Sendo que cada uma dalas recebe uma nota que vai de zero a 200 pontos. Dessa forma, o valor máximo que pode ser obtido no total é de 1.000 pontos. Confira abaixo as competências julgadas:

  • Domínio da escrita formal da língua portuguesa: envolve questões como regras ortográficas, regência e concordância, pontuação, paralelismo, uso de pronomes e da crase.
  • Compreender o tema e não fugir do que é proposto: avalia as habilidades integradas de leitura e de escrita. Ou seja, a capacidade do candidato de desenvolver a redação em torno do tema proposto.
  • Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista: mensura se as ideias apresentadas no texto são coerentes e plausíveis.
  • Conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação: analisa a organização do texto, verificando se os parágrafos e frases são coerentes e interdependentes, formando uma sequência lógica.
  • Respeito aos direitos humanos: a proposta, as ideias e argumentos desenvolvidos devem obedecê-los.

Como fazer a redação do Enem

Conforme abordamos anteriormente, o texto apresentado deverá ser uma dissertação argumentativa. Uma boa maneira de escrevê-lo é pensar na estrutura que precisa ser desenvolvida.

E ela deve ser formada basicamente por três partes : introdução, desenvolvimento e conclusão. Veja a definição de cada uma delas:

  • Introdução: aqui é importante procurar despertar o interesse do leitor para continuar lendo o texto. Para isso, você precisa apresentar o tema e a chamada tese, o ponto de vista que será apresentado.
  • Desenvolvimento: nessa parte, a argumentação é fundamental. Para auxiliá-lo nisso, faça uso de pesquisas, dados, exemplos e citações, por exemplo. O que ajudará a embasar seu raciocínio.
  • Conclusão: nesse trecho, é preciso retomar de forma resumida o que foi mostrado anteriormente, organizando um fechamento. E apresentando a chamada proposta de intervenção social. Que, como já dissemos, é a forma com a qual você acredita que será solucionado o problema (a questão apresentada no tema).

Como tirar mil na redação do Enem

Bom, assim como em qualquer prova, para se dar bem nessa parte do exame você precisa se preparar. E existem alguns exercícios que ajudam bastante nessa missão.

Uma boa estratégia é procurar exemplos de redações nota 1.000 e fazer uma análise de como o texto foi escrito. O próprio portal do MEC traz alguns exemplos de textos de candidatos que gabaritaram.

Outra dica importante é, praticar: treinar a escrita com antecedência e regularidade. Afinal, exercitar essa habilidade ajudará para que ela saia da melhor forma possível na hora do exame.

Mas apenas sair escrevendo livremente, sem ter um guia ou um desafio pode não ser a melhor maneira de buscar melhorias. Simular o que acontecerá no dia da prova e testar a si mesmo com uma proposta de redação já realizada é uma ótima alternativa. Assim, você também desenvolve leitura, compreensão e, claro, a produção textual.

Qual o mínimo de linhas na redação do Enem

O texto deve conter ao menos 7 e no máximo 30 linhas. E atenção: a produção que não chegar ao mínimo exigido é zerada pelo avaliador.

O que zera a redação do Enem

É importante que você fique atento a alguns pontos para nunca correr esse risco, não é? Bom, fique tranquilo! O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), órgão responsável pela realização do Enem, deixa bem claro os motivos que podem anular a nota, no chamado Guia do Participante. Confira:

  • fuga total ao tema;
  • não obediência ao tipo dissertativo-argumentativo;
  • extensão de até 7 (sete) linhas manuscritas, qualquer que seja o conteúdo, ou extensão
  • de até 10 (dez) linhas escritas no sistema Braille;
  • cópia de texto(s) da Prova de Redação e/ou do Caderno de Questões sem que haja pelo
  • menos 8 linhas de produção própria do participante;
  • impropérios, desenhos e outras formas propositais de anulação, em qualquer parte da
  • folha de redação;
  • números ou sinais gráficos sem função clara em qualquer parte do texto ou da folha de
  • redação;
  • parte deliberadamente desconectada do tema proposto;
  • assinatura, nome, iniciais, apelido, codinome ou rubrica fora do local devidamente
  • designado para a assinatura do participante;
  • texto predominante ou integralmente escrito em língua estrangeira;
  • folha de redação em branco, mesmo que haja texto escrito na folha de rascunho; e texto ilegível, que impossibilite leitura por dois avaliadores independentes

 

Todos os temas de redação do Enem

Veja os assuntos abordados na prova desde 1998, de acordo com o ano:

1998 – “Viver e aprender”

Nesse ano o ENEM apresentou a música “O que é o que é” de Gonzaguinha, onde o candidato precisou escrever sobre a temática “Viver e Aprender”, fazendo uma análise em uma perspectiva crítica sobre o sentido da vida.

1999 – “Cidadania e participação social”.

Como texto de apoio, um quadrinho do cartunista Henfil e trechos de declarações de participantes do encontro “Vem ser Cidadão”, onde foi possível trocar experiências sobre o protagonismo juvenil. Nesta redação o candidato deveria abordar uma proposta de ação social, de alguma maneira colocar em prática as ideias apresentadas.

2000 – “Direitos da criança e do adolescente: como enfrentar esse desafio nacional”.

Para a avaliação, como texto de apoio, uma charge de Argeli, um trecho da constituição e outros dois textos. Na  redação foi solicitado ao candidato propostas capazes de solucionar os problemas trazidos nos textos de apoio.

2001 – “Desenvolvimento e preservação ambiental: como conciliar interesses em conflito”.

Nessa prova, o Exame Nacional do Ensino Médio apresentou como texto de apoio, dados sobre o meio ambiente e uma charge sobre esta temática. Nesta redação o candidato deveria pensar sobre como conciliar os interesses de ambas as partes e  apresentar soluções, sempre respeitando os direitos humanos.

2002 – “O direito de votar: como fazer dessa conquista um meio para promover as transformações sociais de que o Brasil necessita”.

Dessa vez, o teste trouxe como texto de apoio uma imagem do comício Diretas Já, que solicitava eleições diretas para presidente e textos que tinham como tema a luta social pelo direito ao voto e democracia, por exemplo. Nesta redação o candidato precisou relacionar a conexão que a proposta tem com o período da ditadura militar, onde os brasileiros não tinham direito ao voto e ao poder transformador que o voto possui.

2003 – “A violência na sociedade brasileira: como mudar as regras desse jogo?”.

Para esta avaliação, um quadro comparativo os gastos com segurança, educação e saúde, como material  de apoio. Além de textos que abordam o ciclo de violência e a desigualdade social. Em uma dissertação argumentativa o candidato necessitou apresentar alguma solução para este problema.

2004 – “Como garantir a liberdade de informação e evitar abusos nos meios de comunicação”.

Como texto de apoio uma charge, textos e um trecho da constituição para embasar esta temática. Nesta redação foi solicitado ao candidato soluções para tal problema, refletindo sobre a fiscalização dos meios de comunicação e a invasão feita pela imprensa.

2005 – “O trabalho infantil na realidade brasileira”.

Para esta prova, foi apresentada uma ilustração com o número de crianças trabalhando nas regiões do país, um trecho do Estatuto da Criança e do Adolescente e mais dois outros textos com foco na exploração do trabalho e o outro como forma de ensinar questões morais. Para esta redação o candidato precisou escolher um destes caminhos, apresentando argumentos de defesa.

2006 – “O poder de transformação da leitura”.

Como material de apoio, o ENEM trouxe três textos que abordavam a leitura. Estes textos trazem aspectos positivos a respeito do ato de ler e um caminho que pode ser seguido pelo candidato quando escrever a redação.

2007 –  “O desafio de se conviver com a diferença”.

Nesse teste, como material de apoio, foram abordadas músicas do Engenheiros do Hawaii e Titãs e parte da Declaração Universal sobre a Diversidade Cultural. Nesta redação o candidato precisou pensar sobre a tolerância necessária para o convívio e sobre o preconceito. Portanto, escolheu um ponto de vista e selecionou argumentos para embasar seu pensamento.

2008 – “Como preservar a floresta amazônica”.

Para esse exame, foi disponibilizada uma ilustração sobre a chuva na floresta. A pauta foi a importância das chuvas e como o desmatamento da floresta amazônica pode ser prejudicial. Nesta redação, foi solicitado ao candidato para pensar em três soluções possíveis para manter o ciclo da chuva, conforme mostrado na ilustração. Destes três, selecionar um para escrevê-lo, apresentando os limites da ação e possibilidades.

2009 – “O indivíduo frente à ética nacional”.

Como material de apoio a prova disponibilizou uma charge de Millôr Fernandes, que aborda a escassez de pessoas honestas, um texto sobre corrupção e outro sobre a acomodação. Nesta redação o candidato precisou escrever uma proposta de ação social sobre o tema “O indivíduo frente à ética nacional”, respeitando os direitos humanos.

2010 – “O trabalho na construção da dignidade humana”.

Dois textos, sobre o trabalho escravo e uma previsão de como será o trabalho futuramente foram apresentados como material de apoio. Foi solicitado ao candidato uma proposta de ação social ou uma experiência a respeito do tema “O trabalho na construção da dignidade humana”, respeitando os direitos humanos.

2011 – “Viver em rede no século XXI: os limites entre o público e o privado”.

Para esse exame, textos de apoio que mostram como as pessoas estão conectadas por longos períodos de tempo. Nesta redação o candidato precisou analisar de forma crítica os limites entre o público e o privado, além de defender seu ponto de vista fazendo uso de argumentos.

2012 – “Movimento imigratório para o Brasil no século 21”.

Como material de apoio a avaliação abordou textos a respeito da chegada de imigrantes ao Brasil. Para a redação foi solicitado ao candidato uma proposta de intervenção, respeitando os direitos humanos.

2013 – “Efeitos da implantação da Lei Seca no Brasil”.

Para esse exame, foi disponibilizado textos e uma ilustração como material de apoio, onde abordam assuntos relacionados ao tema. Foi solicitado ao candidato uma proposta de intervenção respeitando os direitos humanos.

2014 –  “Publicidade infantil em questão no Brasil”.

Três textos e uma imagem que mostra a publicidade para crianças no mundo, foram utilizados como material de apoio. Para esta redação foi solicitado ao candidato uma proposta de intervenção que respeite os direitos humanos.

2015 – “A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira”.

Nesse ano como material de apoio, o teste disponibilizou dados sobre a violência contra a mulher. Dessa forma, foi solicitado ao candidato uma proposta de intervenção em um texto dissertativo argumentativo.

2016 – “Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil”.

Foi disponibilizado pela avaliação como material de apoio, três textos e uma imagem com dados sobre a intolerância religiosa no Brasil. Para esta redação, o candidato deveria apresentar uma proposta de intervenção, respeitando sempre os direitos humanos.

2017 – “Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil”.

Nesse ano, o exame trouxe textos, gráficos e imagem como material de apoio, onde aborda o acesso dos surdos a educação no país e as matrículas de surdos na educação básica, por exemplo. Para a redação foi solicitado ao candidato uma proposta de intervenção e que respeite os direitos humanos.

2018 – “Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet”.

Três textos e uma imagem com dados a respeito do tema como material de apoio. Foi solicitado ao candidato que em um texto dissertativo argumentativo, apresentasse uma proposta de intervenção, defendendo seu ponto de vista com a utilização de argumentos, além de respeitar os direitos humanos.

2019 – “Democratização do acesso ao cinema no Brasil”.

Como material de apoio, o Exame Nacional do Ensino Médio disponibilizou três textos e uma imagem com dados sobre cinema e televisão. Em um dos textos é abordado a primeira exibição pública de cinema, por exemplo. Nesta redação, o candidato precisou apresentar uma proposta de intervenção, respeitando sempre os direitos humanos.

2020 – “O desafio de reduzir as desigualdades entre as regiões do Brasil” (tema do Enem digital).

Nesse exame foi disponibilizado textos, gráficos do Produto Interno Bruto por região e do Índice de Desenvolvimento Humano, como material de apoio. Para esta redação foi solicitado ao candidato uma proposta de intervenção, respeitando os direitos humanos.

2021 – “O estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira” (tema do Enem impresso).

Aqui, o ENEM trouxe dois textos e uma imagem com dados sobre depressão, como material de apoio. Para esta redação o candidato precisou escrever uma redação contendo uma proposta de intervenção, com determinado ponto de vista e argumentações que embasem a linha de raciocínio. Além de respeitar os direitos humanos.

2022 – “Invisibilidade e registro civil: garantia de acesso à cidadania no Brasil”.

Como material de apoio, três textos e uma imagem relacionada ao direito à documentação pessoal. Em um dos textos é abordado uma estimativa por região de pessoas sem registro de nascimento. Foi solicitado ao candidato uma proposta de intervenção, respeitando os direitos humanos.

E aí , está mais preparado para realizar a prova agora que sabe todos os temas de redação do Enem? Conte para a gente como está estudando para o exame. Aproveite também e confira estes dois posts: Quantos pontos vale a redação do ENEM e Como usar a nota do ENEM para entrar na faculdade.

Eduardo Costa

Comentar