Blog da UnP

Engenharia: confira as 5 modalidades mais procuradas

Você pensa em cursar Engenharia? Saiba que essa profissão conta com uma das melhores médias salariais do país, de acordo com rankings de consultorias como a Catho, por exemplo. E apesar de existirem mais de 30 tipos de engenharia, todas têm suas características próprias e formações bem específicas.

No Brasil, os cursos de engenharia mais procurados são: Civil, Mecânica, Elétrica, Ambiental e de Produção. Então, confira a seguir um breve guia para te ajudar a escolher a área que mais lhe interessa.

Engenharia
Confira sobre os tipos de engenharia

Mais detalhes sobre as 5 principais Engenharias do Brasil

A seguir você confere as modalidades mais procuradas do curso de Engenharia. Vem conferir detalhes sobre cada uma delas. 

1. Engenharia Civil

Para quem ama construir, o curso de Engenharia Civil é a escolha perfeita. Você será responsável por projetar, e executar diferentes projetos. Dentre as atividades, está a checagem do solo, ou seja, conferir se ele é realmente adequado para uma construção, por exemplo.

Dessa forma, o engenheiro civil poderá atuar nas áreas de inspeção, fiscalização, perícia, saneamento e transporte.

Qual é a média salarial de um engenheiro civil? 

A média salarial dos engenheiros civis é R$ 7.737. Mas, se você ainda é novo no mercado e está buscando vagas como trainee, a média é R$3.995. Para os que já estão na carreira há algum tempo, um gerente de obras tem salário médio de R$ 9.456, e um diretor de obras, de R$ 22.996.

E para conhecer mais sobre a área de Engenharia Civil, vem conhecer as dicas do professor Ítalo Vale, da Universidade Potiguar!

2. Engenharia Mecânica

A Engenharia Mecânica é um setor muito indicado para quem gosta de operar, criar e consertar máquinas. Um engenheiro mecânico pode projetar de um ventilador, até aviões, carros e muito mais. A termodinâmica das indústrias também fica por conta desse profissional, que desenvolve motores, bombeamento de água, equipamentos elétricos e muito mais.

Qual é a média salarial de um engenheiro mecânico?

No país a média é de R$6.189, enquanto o menor salário gira em torno de R$4.000, o maior pode chegar a mais de R$9.000.

3. Engenharia Elétrica

Você gostaria de trabalhar na criação e projeto da rede elétrica de um shopping center, por exemplo? Então a Engenharia Elétrica é a modalidade certa para você. Ligada ao setor de energia, esse profissional pode trabalhar com usinas eólicas e solar, na automação de indústrias, no planejamento de sistemas elétricos, e muito mais. 

Qual é a média salarial de um engenheiro elétrico?

Essa profissão é uma das mais bem pagas, já que iniciantes podem ganhar até R$6.500 por mês, enquanto um expert pode ganhar mais de R$10.000.

4. Engenharia Ambiental e Sanitária

Na categoria Engenharia Ambiental e Sanitária, o profissional tem o objetivo de trabalhar para o meio ambiente e a saúde humana. É possível cuidar da coleta de resíduos sólidos, abastecimento de água, esgotamento sanitário, e muitas outras. Por fim, o engenheiro ambiental e sanitário trabalhará com a avaliação e prevenção da poluição, bem como no gerenciamento adequado de serviços de saneamento básico.

Qual é a média salarial de um engenheiro ambiental e sanitário?

Os salários giram em torno de R$4.000. No Brasil, um profissional nível analista recebe em média R$3.229.

5. Engenharia de Produção

O profissional de Engenharia de Produção é responsável por gerenciar a produção de qualquer empresa que tenha uma linha de produção. Sendo assim, ele tem a função de manter os custos baixos, avaliar o cenário financeiro da empresa, dentre outras atividades analíticas.

Qual é a média salarial de um engenheiro de produção?

A média de remuneração no Brasil é R$ 6.228 e de um trainee R$ 2.185. 

Engenharia
Projeto de engenharia


Qual o perfil de um engenheiro?

Visto que há diversos tipos de engenharias, vale ressaltar que cada uma demanda características e conhecimentos específicos. No entanto, há algumas qualidades profissionais que devem fazer parte do perfil do profissional de engenharia, seja qual for a modalidade escolhida. Vem saber quais são! 

Ser empreendedor

Ter o empreendedorismo nas veias é um diferencial, pois fazer engenharia é estar disposto a pensar em inovações. Assim, o futuro profissional dessa área deve querer se desafiar para construir e planejar o que muitas vezes pode parecer impossível.

Ter boa comunicação

O engenheiro vai se relacionar com outras pessoas e, muitas vezes, equipes multidisciplinares. Assim, é importante que ele goste de lidar com o outro, e tenha paciência para negociações e apresentações.

Conhecimento de outras línguas

Caso haja uma oportunidade de emprego fora do país, ou seja preciso apresentar um plano para alguma empresa/pessoa estrangeira, será necessário saber outra língua. E essa situação é muito comum na carreira do engenheiro, especialmente para aqueles que vão trabalhar em multinacionais. 

É preciso gostar de trabalhar em equipe

O trabalho do engenheiro é feito com times extensos e de pessoas com formações variadas. Assim, seja para orientar ou pôr a mão na massa junto, é necessário gostar de trabalhar em equipe, delegar tarefas e contar com espírito colaborativo. 

Gostar de planejamento 

A maior parte do trabalho do engenheiro é planejamento. Então, para que nada dê errado, é preciso analisar, planejar e considerar resultados inesperados cuidadosamente. 

Portanto, trabalhar com engenharia vai além do que gostar de cálculos matemáticos! Ou seja, é buscar por inovações, ter conhecimento científico e ser rápido em resolução de problemas. Então, o que achou das nossas dicas sobre Engenharia? Se você sonha com o curso, conheça ainda mais na página da UNP! 

Thaís Isel

Comentar